Teresina - PI

Tarcísio Freitas assina ordem de serviço para construção de ponte no Piauí

Tarcísio avaliou como “fundamental” a construção da ponte, já que vai escoar a produção de soja da região do Matopiba.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Wanessa Gommes
Teresina
Débora Dayllin
Teresina
07/06/2019 13h28 - atualizado 15h54

Assinatura de ordem de serviço para construção de ponte no Piauí

O ministro da Infraestrutura Tarcísio Freitas assinou a ordem de serviço para a construção da Ponte da Amizade, que liga os municípios de Santa Filomena, no Piauí e Alto do Parnaíba, no Maranhão. A ordem de serviço foi assinada na manhã desta sexta-feira (7) na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Teresina.

Tarcísio avaliou como “fundamental” a construção da ponte, já que vai escoar a produção de soja da região do Matopiba. Atualmente a produção é escoda por meio de balsas que atravessam o Rio Parnaíba.

“Ela é fundamental do ponto de vista de logística. Temos um agronegócio pujante que tem crescido muito na região, principalmente no estado do Piauí, então ela é fundamental para evitar que o caminhão dê um contorno grande ou que necessite atravessar esse rio na balsa”, afirmou Tarcísio.

Dívida com o estado

O senador Ciro Nogueira (PP) disse que a assinatura da ordem de serviço é um marco na história do estado. Para ele, a data marca o resgate de uma “dívida” com o extremo sul do Piauí.

“É um dia importantíssimo, um dia de resgatar uma dívida que temos com o extremo sul do estado. Uma obra de mais de 50 anos, que não dá para entender como aquela população ainda estava atravessando de balsa para escoar uma produção importante para nosso estado. Fico muito feliz de conseguir esse benefício para o estado do Piauí”, avaliou Ciro.

Bancada federal

A vinda do ministro ao Piauí faz parte de uma iniciativa integrada dos três senadores do Piauí. Os senadores Elmano Férrer (Podemos), Ciro Nogueira (PP) e Marcelo Castro (MDB) também participaram do evento.

O ministro fez uma série de elogios à bancada federal piauiense. "Tenho que fazer uma homenagem à bancada federal do Piauí. Que é competente, que se esforça, que vai ao Ministério da Infraestrutura com muita frequência cobrar, propor soluções, saídas, criar os espaços orçamentários. Às vezes a gente não percebe de fora o trabalho do parlamentar, mas é um trabalho incessante São várias votações que se estendem até à noite, entre um intervalo e outro tem o ministério, cobra ministro, puxa orelha, tenta buscar um recurso e quando chega o fim de semana, tem que ir nas bases".

Também prestigiaram o evento o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), o prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) e os deputados Marcos Aurélio Sampaio (MDB), Iracema Portella (PP), Átila Lira (PSB), Júlio César Lima (PSD) e outras autoridades.

Governador

Durante o seu discurso, o governador Wellington Dias destacou que a construção da ponte é uma obra que vai além do objetivo de ligar dois estados. "Uma obra que é mais que uma ligação entre o Piauí e o Maranhão, nós estivemos com o presidente Bolsonaro agora no Recife, e ele está disposto a coordenar o consórcio do Nordeste com estratégia a isso, em momento que está escasso de recurso, de trabalharmos em planejamento para que a gente tenha como referência o potencial de investimentos privados", declarou.