Piauí

TCE acata denúncia e aplica multa ao ex-secretário Luís Coelho

A denúncia foi feita pela empresa Lejan Instalações sobre possíveis irregularidades no certame realizado pela Secretaria de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis.

Gil Sobreira
Teresina
11/01/2019 06h08 - atualizado 06h16

O ex-secretário de Mineração, Luís Coelho, foi multado pelo Tribunal de Contas do Estado em 1000 UFR-PI, equivalente a R$ 3.420,00 (três mil, quatrocentos e vinte reais). A corte julgou procedente denúncia sobre possíveis irregularidades em procedimento licitatório na Secretaria de Mineração, Petróleo e Energias Renováveis (exercício de 2018).

A denúncia foi feita pela empresa Lejan Instalações sobre possíveis irregularidades no certame realizado pela secretaria, concorrência n° 002/2017-SEMINPER, cujo objeto seria a contratação de empresa para executar obras de Reformas e Ampliação de Redes de Distribuição de Média e Baixa Tensão (18,8kv e 34kv), para retirada de Gambiarras, nos munícipios de: Betânia, Curimatá, Paulistana e Redenção do Gurgueia, nas áreas de concessão da Eletrobrás Distribuição Piauí.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Luís Coelho, ex-secretário de MineraçãoLuís Coelho, ex-secretário de Mineração

O TCE também aplicou multa no mesmo valor ao presidente da Comissão Permanente de Licitação José William Trindade de Carvalho.

A Corte decidiu pela juntada da denúncia a prestação de contas e a comunicação a Procuradoria Geral de Justiça para as providências cabíveis.

O julgamento ocorreu em 13 de dezembro de 2018.

Outro lado

O ex-secretário Luís Coelho não foi localizado pelo GP1.