Piauí

TCE bloqueia contas de 7 prefeituras e duas câmaras do Piauí

A decisão foi dada na sessão plenária desta quinta-feira (08) após pedido do procurador do Ministério Público de Contas (MPC), José Araújo Pinheiro Júnior.

Wanessa Gommes
Teresina
08/08/2019 16h48

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) aprovou o bloqueio das contas bancárias de sete prefeituras, duas câmaras e dois consórcios municipais. A decisão foi dada na sessão plenária desta quinta-feira (08) após pedido do procurador do Ministério Público de Contas (MPC), José Araújo Pinheiro Júnior.

As contas serão bloqueadas devido ao atraso, ausência de documentação e outras pendências nas prestações de contas referentes ao mês de abril de 2019 e somente serão desbloqueadas depois que essas pendências forem sanadas. Com o bloqueio, os gestores ficam impedidos de fazer pagamentos, saques e outras movimentações bancárias.

Caso alguma prefeitura, câmara ou o consórcio regularize a situação antes da medida ser efetivada, o nome é imediatamente excluído da lista de bloqueio.

Confira a relação dos órgãos que tiveram as contas bloqueadas

Prefeituras: Bertolínia, Cristalândia do Piauí, Fartura do Piauí, Guaribas, Manoel Emídio, Olho D’ Água do Piauí e Passagem Franca do Piauí.

Câmaras Municipais: Gilbués e Rio Grande do Piauí.

Consórcios Municipais: Associação dos Municípios do Vale do Itaim e Consórcio dos Municípios do Médio Parnaíba do Piauí.