Luzilândia - PI

TCE julga irregulares contas do prefeito Ronaldo Gomes de 2017

O parecer deverá ser enviado a Câmara Municipal e prevalecerá caso não seja derrubado por 2/3 dos vereadores.

Gil Sobreira
Teresina
12/08/2020 08h36 - atualizado 08h37

O Tribunal de Contas do Estado emitiu parecer prévio recomendando a reprovação das contas de governo do prefeito de Luzilândia, Ronaldo de Sousa Azevedo, mais conhecido como “Ronaldo Gomes”, referentes ao exercício financeiro de 2017.

De acordo com o voto do relator, conselheiro Jaylson Fabianh Lopes Campelo, foram encontradas as seguintes irregularidades nas prestações de contas: abertura de créditos suplementares superior ao limite autorizado; atraso no envio da prestação de contas anual; ausência de publicação de demonstrativos da Lei de Responsabilidade Fiscal; despesa com ações e serviços públicos de saúde abaixo do limite legal; despesa de pessoal do Poder Executivo acima do limite legal e deficiência no Portal da Transparência do município.

  • Foto: Reprodução/FacebookRonaldo GomesRonaldo Gomes

O julgamento foi realizado na sessão do dia 03 de março deste ano e ocorreu por unanimidade.

O parecer deverá ser enviado a Câmara Municipal e prevalecerá caso não seja derrubado por 2/3 dos vereadores.

A confirmação do parecer acarreta ao gestor a inelegibilidade prevista na Lei Complementar n° 64/90, conhecida por Lei das Inelegibilidades.

Veja parecer na íntegra abaixo ou clicando aqui

Outro lado

Ronaldo Gomes não foi localizado pelo GP1.

Mais conteúdo sobre: