Teresina - PI

Testemunhas do desaparecimento de motorista são ouvidas pelo DHPP

A Polícia Civil está em busca de identificar duas pessoas que foram vistas conversando com Marcos Sá, dentro de próprio veículo, pouco tempo antes de seu carro ter sido localizado carbonizado.

Brunno Suênio
Teresina
Willyam Ricardo
Teresina
28/01/2020 15h09 - atualizado 18h30

O diretor do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP - delegado Francisco Costa, o “Barêtta”, afirmou que a Polícia Civil está em busca de identificar duas pessoas que foram vistas conversando com Marcos Sá, dentro de próprio veículo, pouco tempo antes de seu carro ter sido localizado carbonizado na estrada que dá acesso a Cerâmica Cil, zona sul de Teresina. Marcos Sá está desaparecido desde a última sexta-feira (24).

A nova informação sobre o caso só foi possível a partir dos depoimentos de testemunhas que visualizaram a vítima em contato com outras duas pessoas no interior do veículo modelo Corsa. “Nós temos informações e já checamos isso, que a vítima esteve parada com o carro estacionado, naquele local onde o carro foi incendiado, conversando com duas pessoas. Nós já estamos identificando essas pessoas e eu acredito que nas próximas horas daremos o caso como totalmente esclarecido”, pontuou o delegado Barêtta.

O delegado Barêtta ressaltou que a esposa de Marcos Sá afirmou que seu marido havia recebido uma ligação e que logo em seguida saiu de casa com destino a Vila Irmã Dulce, também na zona sul da Capital. Essa informação servirá para tentar estabelecer ou não alguma relação entre a pessoa que o chamou para um possível encontro e aquelas que foram visualizadas conversando com ele dentro do carro na última sexta-feira (24).

  • Foto: Alef Leão/GP1Delegado BarêttaDelegado Barêtta

“A esposa disse que ele recebeu uma ligação, inclusive, disse que ouviu ele falando ‘já estou indo’. Como de rotina, ele costumava ir na casa desta pessoa, na Vila Irmã Dulce. Então, ele saiu depois do almoço e foi visto, por algumas testemunhas, conversando. A partir desse fato, foi se perdendo o contato com ele e foi feito o registro de ocorrência aqui na delegacia. A investigação está bem adiantada, posso dizer que está operacionalizada e sendo executada passo a passo. Nós já temos muitos materiais, muitas informações e logo estaremos esclarecendo esse fato”, acrescentou.

Entenda o caso

Um veículo modelo Corsa Sedan de cor prata, que pertence um motorista identificado como Marcos Sá, conhecido como "Alemão", de 38 anos, foi encontrado carbonizado na manhã deste sábado (25), na PI 130, no Povoado Cerâmica Cil, zona rural de Teresina.

Segundo informações de Elciano, irmão de Marcos, ele saiu de casa dizendo que iria a uma oficina, mas não retornou. “Ele almoçou, tomou banho, recebeu uma ligação e disse para a esposa que iria para uma oficina na Vila Irmã Dulce. Ele mora ali perto da região do Porto Alegre. Depois disso, ele não deu mais retorno de nada, ninguém conseguiu falar com ele, nem parentes, nem nada. Já no outro dia, pela manhã, o carro dele foi encontrado carbonizado, na PI 130, na Cerâmica Cil”, relatou.

  • Foto: DivulgaçãoMarcos SáMarcos Sá

Ainda de acordo com Elciano, o irmão estava licenciado do trabalho e não parece ter desavenças. "Ele é motorista de reboque, mas está licenciado porque ele sofre com alguns problemas no braço. Aparentemente ele não tem nenhuma desavença. Todo mundo gosta dele. É uma pessoa muito atenciosa. É uma pessoa que serve muito aos outros", ressaltou.

A família registrou Boletim de Ocorrência sobre o desaparecimento de Marcos neste sábado. A Polícia Civil está investigando o caso. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Marcos, pode entrar em contato com o irmão por meio do telefone (86) 99471-4959.

NOTÍCIA RELACIONADA

Homem desaparece e carro é encontrado carbonizado na Cerâmica Cil

Mais conteúdo sobre: