Teresina - PI

Trabalhadores vão deflagrar Greve Geral no dia 14 em Teresina

Os professores da área de educação básica do Estado também vão entrar em greve no dia 14.

Wanessa Gommes
Teresina
09/06/2019 19h04 - atualizado 19h07

Está marcada para o dia 14 de junho, em todo o Brasil, a Greve Geral em defesa da Previdência Social, educação e pela liberdade do ex-presidente Lula. Vão participar do movimento, sindicatos, trabalhadores das comunidades rurais, de assentamentos de Teresina e o Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Em Teresina, a concentração para a greve geral acontecerá a partir das 8 horas da manhã, em frente ao prédio sede do INSS, no centro da capital, onde os movimentos sociais organizados paralisarão os transportes coletivos e o comércio do centro, além dos bancos e escolas públicas.

Os professores da área de educação básica do Estado também vão entrar em greve no dia 14. A principal reivindicação da categoria é a cobrança pelo reajuste salarial de 4,17% negada pelo Governo do Piauí.

Protestos

No último dia 30 de maio, estudantes e professores voltaram a protestar contra cortes do Governo Federal na área da educação e contra a reforma da Previdência. Participaram do evento o DCE da UFPI, DCE da UESPI, SINTE, CUT, SINTUFPI, ADUFPI, UNE, dentre outros movimentos.

Duas semanas antes, no dia 15 de maio, estudantes e professores da rede de educação superior foram às ruas de Teresina protestar contra o bloqueio de 30% de verbas anunciado pelo Ministério da Educação. Além disso, o ato também protestou contra a projeto de Reforma da Previdência.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Professores da educação básica do Piauí vão entrar de greve dia 14

Estudantes voltam a protestar contra cortes na educação em Teresina

Estudantes de instituições federais protestam na Frei Serafim

Mais conteúdo sobre: