Teresina - PI

Tropa com 1.400 PMs vai reforçar eleições no interior do Piauí

Em entrevista ao GP1, o comandante geral de operações da Polícia Militar do Piauí, coronel Rodrigues, afirmou que a tropa da capital vai atuar naqueles municípios onde há menor número de efetivo.

Brunno Suênio
Teresina
12/11/2020 09h57 - atualizado 09h57

Tropa com 1.400 PMs vai reforçar eleições no interior do Piauí

A Polícia Militar do Piauí deslocou, na manhã desta quinta-feira (12), 1.400 policiais de Teresina para reforçar o pleito eleitoral nos município do interior do estado do Piauí.

Em entrevista ao GP1, o comandante geral de operações da Polícia Militar do Piauí, coronel Rodrigues, afirmou que a tropa da capital vai atuar naqueles municípios onde há menor número de efetivo e garantir a segurança das eleições. No entanto, cerca de outros 300 policiais devem deixar as companhias de policiamento para reforçar outras guarnições.

“A tropa está embarcando agora pela manhã em vários pontos de Teresina. Em frente a Assembleia Legislativa é um dos pontos, de onde vão sair quatro ônibus e três microônibus. Ao todo, serão deslocados para o interior 1.400 policiais para reforçar o efetivo existente naquelas cidades, não só no setor urbano, mas também nos povoados que têm locais de votação. A Polícia Militar vai manter a ordem pública e levar a tranquilidade para o cidadão que vai exercer seu papel constitucional”, disse o coronel.

Um Centro Integrado de Comando Controle Estadual foi montado no Quartel Geral da Polícia Militar do Piauí, que vai trocar informações com a base do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, dando apoio ao Tribunal Superior Eleitoral e os tribunais regionais de cada estado.