Teresina - PI

Veja cargos que cada partido deve ocupar no Governo Wellington Dias

O que se pode afirmar nesse momento, é que as acomodações não trarão grandes surpresas, uma vez que, a maioria dos partidos vai ficar com as pastas que já indicava.

Germana Chaves
Teresina
22/04/2019 08h48 - atualizado 25/04/2019 07h59

O governador Wellington Dias (PT-PI) já está com o esboço de seu ‘novo’ secretariado no bolso do paletó. A tendência é que poucas mudanças sejam feitas dentro daquilo que já está desenhado pelo governador.

Em um levantamento feito pelo GP1 é possível apontar os cargos que deverão ficar sob o comando dos principais partidos que integram a base do Governo. O PT de Wellington será o partido mais aquinhoado com a distribuição dos espaços.

O que se pode afirmar nesse momento, é que as acomodações não trarão grandes surpresas, uma vez que, a maioria dos partidos vai ficar com as pastas que já indicava.

  • Foto: Helio Alef/GP1Governador Wellington DiasGovernador Wellington Dias

Distribuição

PT (12 cargos)

Secretarias de Planejamento, Fazenda, Saúde, Educação, Administração, Agricultura Familiar, Seid, Cultura, Emater, Coordenadorias da Juventude, da Mulher e de Comunicação.

Essa qauntidade poderá aumentar, haja vista, que a sigla externou desejo por indicar uma área ligada a Infraestrutura.

MDB (4 cargos)

Secretaria de Assistência Social (Sasc), Fundação Hospitalar, Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi).

Progressistas (4 cargos)

Secretaria de Transportes (Setrans), Detran, Defesa Civil, Coordenadoria de Irrigação e, provavelmente, Meio Ambiente.

PR (3 cargos)

Secretaria de Segurança – já ocupada pelo deputado Fábio Abreu, além de Justiça e Cidades

PTB (2 cargos)

Secretarias de Infraestrutura e Desenvolvimento Econômico. Ambas já são indicadas pelos deputados Janainna Marques e Nerinho, respectivamente.

PCdoB (1 cargo)

Secretaria de Governo, devidamente ocupada pelo ex-deputado federal Osmar Júnior

PSD (2 cargos)

Agronegócio e Cendrogas

PDT (1 cargo)

Turismo

Mais aliados

Nessas conversações ainda entram o deputado estadual Oliveira Neto, do Cidadania 23. Ele não integrou a coligação de Wellington Dias em 2018, mas, afirmou que todo seu grupo apoiou a reeleição do governador.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias senta hoje com PT e PP para definir cargos

Mais conteúdo sobre: