Teresina - PI

Venâncio Cardoso confirma saída do PP e possível filiação ao PSDB

“É o caminho mais natural [o PSDB] e nós vamos agarrado no cangote do Firmino (...) O partido que eu vou será o que ele achar melhor estrategicamente”, explicou Venâncio.

Germana Chaves
Teresina
03/07/2019 11h13 - atualizado 11h21

O secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Teresina (Semdec), vereador Venâncio Cardoso (PP) disse que pretende ficar “agarrado no cangote” do prefeito da Capital Firmino Filho (PSDB) nas eleições de 2020. Com essa declaração concedida ao GP1 nesta quarta-feira (03), o vereador confirmou que vai deixar o Progressistas para se filiar ao outro partido, provavelmente o PSDB de Firmino.

Venâncio explicou que seu destino partidário será decidido pelo prefeito, com quem possui estreita relação. “É o caminho mais natural [o PSDB] e nós vamos agarrado no cangote do Firmino. Ele tem sido muito respeitoso com nosso trabalho. Portanto, o partido que eu vou será o que ele achar melhor estrategicamente”, explicou Venâncio.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Venâncio CardosoVenâncio Cardoso

Apoio

O vereador tem desenvolvido alguns projetos à frente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico com apoio do Palácio da Cidade. “O prefeito tem sido muito atencioso com as ações que a gente vem desenvolvendo na Semdec. Temos o Procon Municipal, o The Vejo na Ponte. Conseguimos a autorização para a pavimentação do Polo Empresarial Sul. Todos os nossos projetos têm recebido o apoio da prefeitura”, comemorou o parlamentar.

Saída do PP

A saída de Venâncio do Progressistas já era esperada devido ao impasse que ele enfrentou com o presidente nacional do partido, o senador piauiense Ciro Nogueira.

O imbróglio foi motivado pela eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). O senador pediu a Venâncio que buscasse o apoio da mãe, a deputada estadual Flora Izabel (PT) em favor do candidato do PP, o deputado Hélio Isaías, mas o vereador se recusou sob alegação de que a petista já havia declarado publicamente, voto em Themístocles Filho (MDB), que se reelegeu como presidente da Alepi. A posição de Venâncio desagradou Ciro e acabou inviabilizando sua permanência no partido.

NOTÍCIAS RELACIONDAS

Venâncio Cardoso não descarta deixar o PP após desavença com Ciro

Hélio diz que apoio de Flora a Themístocles deve ser discutido pelo PT

João Mádison comemora apoio de Flora Izabel a Themístocles Filho

Flora Izabel declara apoio a Themístocles para presidente da Alepi