Francisco Santos - PI

Vice-prefeito Waldeni é investigado por participação em roubo

O vice está sendo investigado em inquérito policial pela suposta participação no roubo de um veículo ocorrido em Teresina, de propriedade do médico Bruno Maia dos Santos.

Gil Sobreira
Teresina
21/12/2017 12h35 - atualizado 12h52
  • Foto: DivulgaçãoWaldeni de CarvalhoWaldeni de Carvalho

O vice-prefeito do município de Francisco Santos, Antônio Waldeni de Carvalho (Progressistas), está sendo investigado em inquérito policial pela suposta participação no roubo de um veículo ocorrido em Teresina, de propriedade do médico Bruno Maia dos Santos.

O médico foi vítima de um sequestro relâmpago, no dia 07 de junho deste ano, nas proximidades do Splendore Kids, na zona leste de Teresina. Ele foi levado dentro do seu próprio carro.

De acordo com relatos de uma testemunha à Polícia Militar, o médico deixou a esposa na porta do Splendore, onde ocorria um aniversário, e saiu sozinho em seu carro, uma Hilux preta, para estacionar e não retornou ao local. Em seguida, a família acionou a polícia. Levado para Timon, foi exigido ao médico, o cartão e senha do Banco do Brasil, porem ao efetuar várias tentativas de saques sem êxito, ocorreu o bloqueio do cartão.

Bruno Maia dos Santos foi localizado na Estrada do Baú, depois da cidade de Caxias, no Maranhão.

Relatório aponta carro de vice dando apoio ao roubo de Hilux

Segundo relatório de missão, efetuado por agentes da Polinter, foi constatado que o veículo Fiat Strada, de Placa OXQ-3087, de propriedade do vice-prefeito de Francisco Santos foi utilizado como automóvel de apoio no roubo do veículo Hilux, fato comprovado através das imagens de vídeo monitoramento da Policia Militar da cidade de Timon/MA.

Vice-prefeito prestou depoimento na Delegacia da Polinter

O vice-prefeito prestou depoimento ao Delegado Luciano Alcântara Paz Carvalho do Nascimento, da Polinter, onde relatou possuir um Fiat Strada e que de vez em quando empresta o veículo para o filho, mas nunca em período noturno. Perguntado onde estaria no dia 07 de junho, respondeu que não se recorda o local exato, mas acredita que estava em Timon/MA

Após visualizar as imagens da câmera de segurança interna do Banco do Brasil da cidade de Timon, o vice-prefeito afirmou não reconhecer o indivíduo que tentou efetuar saques no período por volta das 20h45min do dia 07 de junho de 2017.

O filho do vice-prefeito, Ricardo Lucas de Brito Carvalho, também foi ouvido pelo delegado e afirmou que só pega emprestado o carro durante o dia e que não sabe quem possa ter pego o carro de seu pai no dia 07/06/2017 e acrescentou não ter conhecimento de seu pai emprestando o carro.

Vice tem foro privilegiado e autos foram enviados ao TJ

Os autos do inquérito policial, com 43 folhas, foram enviados ao Tribunal de Justiça, na segunda-feira (18), em razão do vice-prefeito ter foro por prerrogativa de função (foro privilegiado), conforme o art. 21, inciso VIII, da Constituição do Estado do Piauí.

O inquérito foi distribuído a 1ª Câmara Especializada Criminal do TJ e será relatado pelo desembargador José Francisco do Nascimento.