Piauí

Wellington Dias e secretários participam de seminário no TCE

O presidente do TCE, o conselheiro Abelardo Pio Vilanova, explicou que o tribunal atua não só na realização de julgamentos, mas também na orientação aos gestores para assim evitar problemas futuros.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
03/06/2019 10h09 - atualizado 10h12

Seminário dos Gestores Estaduais é realizado em Teresina

Na manhã desta segunda-feira (3) iniciou o Seminário de Gestores Estaduais no auditório do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) em parceria com a Controladoria Geral do Estado (CGE). Serão três dias de seminários realizados no TCE.

O governador Wellington Dias (PT) afirmou que é importante que os gestores da Administração Pública Estadual passem por orientações para evitar qualquer tipo de problema futuro. “O Tribunal de Contas do Estado do Piauí tem a sua independência, mas sempre com esse olhar para a prevenção. O presidente Abelardo, mantendo essa tradição, nos recebe aqui. É um evento que tem esse lado mais técnico, tem como objetivo a realidade do dia a dia, do acompanhamento de convênios, de prestação de contas, balanço, ou seja, preparar ainda melhor as equipes que temos em cada área. O objetivo do estado é cumprir a lei, cumprir o processo legal e com certeza a partir dessa preparação, teremos uma equipe que seguirá para o dia a dia com um trabalho melhor”, disse o governador.

O presidente do TCE, o conselheiro Abelardo Pio Vilanova, explicou que o tribunal atua não só na realização de julgamentos, mas também na orientação aos gestores para assim evitar problemas futuros.

“Essa frente da prevenção, do aprimoramento dos gestores, faz também parte do tribunal, então estamos atuando na fase de preparação dos gestores. Fizemos esse convênio com a Controladoria Geral do Estado para fazer esse seminário por três dias onde serão dadas palestras para ajudar a melhorar a atividade dos gestores. Os erros são variáveis na administração pública, e não é uma atividade tão simples para quem não tem experiência, então o objetivo é evitar erros”, afirmou o conselheiro.

A vice-governadora Regina Sousa (PT) destacou que as orientações vão ajudar principalmente os novos secretários. “São orientações para os gestores que acabaram de tomar posse e sempre a Controladoria é encarregada disso e tem esse auxílio do TCE que é o órgão de controle, fiscalizador, e não tem ninguém melhor para dar orientações necessárias sobre prestação de contas, sobre licitação e ações de governo que nem todo mundo domina ainda, então são mais orientações de gestões”, destacou a vice-governadora.

O secretário de Governo, Osmar Júnior (PCdoB), afirmou que é importante ter acesso às informações que vão ser prestadas, pois “o sistema de controle tem evoluído e precisamos estar cada vez mais aparelhado para execução do orçamento, para seguir rigorosamente o preceito da lei e esse seminário ajuda nisso”.