Teresina - PI

Wellington Dias quer saber quais deputados do PP seguirão na base aliada

Deverão continuar com Ciro, B. Sá Filho, Lucy Soares, Júlio Arcoverde, Iracema Portella e Átila Lira.

Germana Chaves
Teresina
06/08/2020 08h57 - atualizado 09h00

O governador Wellington Dias (PT-PI) vai ter uma conversa individual com cada deputado do Progressistas após anunciar o rompimento com o senador e presidente nacional do PP, Ciro Nogueira. A intenção é saber quem permanece no Palácio de Karnak seguindo as diretrizes do Governo, caso contrário, terá que entregar todos os cargos que ocupa na administração estadual.

Deverão continuar com Ciro, B. Sá Filho, Lucy Soares, Júlio Arcoverde, Iracema Portella e Átila Lira. Agora a dúvida paira sobre Hélio Isaías, Firmino Paulo e Wilson Brandão. Atualmente o Progressistas ocupa três secretarias – Transportes, Meio Ambiente e Mineração –, além do Detran e da ADAPI.

  • Foto: Alef Leão/GP1Wellington DiasWellington Dias

Reunião em Brasília

Na terça-feira (04), Wellington e o senador Ciro Nogueira estiveram reunidos em Brasília para tratar das arestas existentes entre eles. Segundo informações, a conversa foi amistosa.

Contudo, o governador decidiu reunir a base e comunicar internamente o racha com o PP e para arrematar a decisão, gravou um vídeo e divulgou para a imprensa informando sobre o rompimento.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bancada do PP se reúne para avaliar rompimento com Wellington Dias

Wellington afirma que respeita decisão de Ciro Nogueira de deixar o Governo

Wellington Dias dá ultimato a Ciro sobre permanência na base aliada

"Só o tempo dirá", diz Ciro sobre manutenção de aliança com Wellington