Piauí

Wellington Dias sanciona lei que reorganiza carreira de auditor governamental

A lei deve ser publicada no Diário Oficial do Estado até essa sexta-feira (09). 

Wanessa Gommes
Teresina
08/11/2018 17h29 - atualizado 17h29

O governador Wellington Dias sancionou, nesta quinta-feira (08), a lei que prevê a redistribuição de vagas entre as classes da carreira de auditor governamental da Controladoria-Geral do Estado. A lei deve ser publicada no Diário Oficial do Estado até essa sexta-feira (09). O documento altera o Anexo II da Lei Complementar Nº 57, de 07 de novembro de 2005, que estabelece a quantidade de cargos por classe da carreira.

  • Foto: Divulgação/AscomWellington Dias sanciona Lei que reorganiza carreira de auditor governamentalWellington Dias sanciona Lei que reorganiza carreira de auditor governamental

De acordo com o controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes, essa redistribuição resolve um problema histórico da carreira que impedia muitos auditores de serem promovidos por inexistência de vagas na classe superior.

“Este é um projeto que reorganiza melhor a estrutura da carreira de auditor governamental para que os auditores possam ter o desenvolvimento funcional de maneira regular e periódica. É uma conquista, pois esta espera já durava dez anos e o governador, sensível à causa da Controladoria, mandou projeto à Assembleia Legislativa e hoje, sancionou para publicação”, afirmou o controlador-geral.

Segundo Nuno, as mudanças começam a valer em 2019: “A partir do ano que vem, passadas as vedações da Lei Eleitoral e de Responsabilidade Fiscal, dentro das condições financeiras do Estado, será possível promover o desenvolvimento funcional dos auditores governamentais”, assegurou.

Wellington lembrou que a reestruturação da carreira de auditor governamental era um pleito bastante esperado pela classe: “ [A sanção da lei] Consistiu numa reorganização da carreira com base no que tínhamos trabalhado no entendimento com o Nuno, controlador-geral e toda a categoria que pleiteava isso como uma forma de solucionar problemas internos antigos, como estamos trabalhando em outras áreas, a exemplo da Emater, Adapi, áreas que estão na Assembleia Legislativa para solução”, considerou o governador.

Na oportunidade, Wellington Dias também alinhou estratégias para acompanhamento das prioridades do Governo do Estado.