Saúde

Wellington Dias solicita retorno dos testes com vacina Coronavac

"O Consórcio Nordeste pede que sejam adotadas medidas imediatas para a continuação dos testes da fase três”, solicita Dias.

Wanessa Gommes
Teresina
11/11/2020 07h47 - atualizado 09h34

O governador Wellington Dias, presidente do Consórcio Nordeste, solicitou a retomada dos testes da fase 3 da vacina Coronavac, nesta terça-feira (10). O pedido foi feito depois das confirmações de que não houve ligação entre a morte de um voluntário com a administração do imunizante.

“A Anvisa e o Instituto Butantã têm uma história de respeito, rigor e de destaque nessa área com vacinas. Por isso, o Consórcio Nordeste pede que sejam adotadas medidas imediatas para a continuação dos testes da fase três”, pediu Dias.

Para o gestor, todas as medidas que levem em conta salvar vidas devem ser tomadas. “Salvar vida de brasileiros! É isso que neste instante tem que estar em primeiro lugar. Nós, do Consórcio Nordeste, sempre apostamos na ciência e assim manifestamos nossa confiança nas instituições, a exemplo da Anvisa como reguladora, o Butantã, sediado em São Paulo, e a Fiocruz, com sede no Rio de Janeiro. Elas são base nas informações apresentadas de que há necessidade de acompanhamento da Anvisa na fase três dos testes com a Coronavac. Para que tenhamos, com isso, assim como recomenda a própria Organização Mundial de Saúde, as condições de uma autorização emergencial, considerando as regras de segurança e eficácia da vacina”, destacou Wellington Dias.

O presidente do Consórcio Nordeste destacou ainda que “a vacina é um instrumento para salvar vidas e também de colocar o Brasil e a economia em condições de andar de forma firme e segura”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Comissão de ética em pesquisa optou por manter estudo da vacina Coronavac

Causa do óbito de voluntário da CoronaVac foi suicídio, aponta laudo

Governo de SP considera suicídio a causa da morte de voluntário da coronavac