Política

Wellington Dias vai discutir trocas em secretarias em fevereiro

As mudanças devem ocorrer evido à eleição que se aproxima, visto que a maioria dos secretários pretende pleitear um cargo político.

THAIS GUIMARÃES
05/01/2018 15h44 - atualizado 15h45

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), deve iniciar em fevereiro o diálogo sobre as trocas nas secretarias devido à eleição que se aproxima, visto que a maioria dos secretários pretende pleitear um cargo político. As mudanças vão afetar praticamente toda a estrutura do Governo.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Governador Wellington DiasGovernador Wellington Dias

“Devo, para o mês de fevereiro ou março, tratar deste tema com as equipes”, declarou o chefe do executivo estadual em entrevista à imprensa nessa quinta-feira (04).

Dentre os nomes que pretendem deixar as pastas estão os deputados federais Rejane Dias (Educação) e Fábio Abreu (Segurança), o suplente de deputado federal Merlong Solano (Secretaria de Governo), os deputados estaduais Hélio Isaías (Defesa Civil), Janaínna Marques (Infraestrutura), Nerinho (Desenvolvimento Econômico), Fábio Novo (Cultura), Flávio Nogueira (Turismo) e Francisco Limma (Desenvolvimento Rural), além do suplente de deputado estadual Ziza Carvalho (Meio Ambiente) e do secretário de Administração, Franzé Silva.