Política

Wellington Dias vai entregar proposta de reforma em fevereiro

"Eu acho que não vai dá tempo até o dia 20 [de dezembro], então estarei encaminhando no início dos trabalhos em fevereiro”, declarou.

Wanessa Gommes
Teresina
Germana Chaves
Teresina
28/11/2018 15h17 - atualizado 15h17

O governador Wellington Dias (PT) afirmou, nesta quarta-feira (28), durante homenagem ao ex-governador Alberto Silva, na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), que a proposta de reforma administrativa para redução de gastos deve ser enviada em fevereiro do próximo ano.

Wellington explicou que o que não depende da aprovação da Casa Legislativa já está sendo feito: “ A parte administrativa tem uma parte que não depende do parlamento. Nós anunciamos o estabelecimento de uma meta do corte de R$ 150 milhões, com regramento próprio, resolução e ações internas dentro do Estado. Na área do encerramento dos contratos, eu autorizo os contratos para o ano de 2019 com o valor R$ 150 milhões menor, adequando a essa realidade difícil”.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Governador Wellington Dias Governador Wellington Dias

“Quanto a parte mesmo do organograma, nesse caso, o objetivo é preparar. Eu acho que não vai dá tempo até o dia 20 [de dezembro], então estarei encaminhando no início dos trabalhos em fevereiro”, declarou.

Em relação aos contratos que não serão renovados, o governador esclareceu que: “Alguns que não são necessários não serão renovados considerando a programação de projetos. Eu tenho contratos que têm a ver com determinadas obras, então ali encerra outros contratos que dizem respeito à contratação de pessoas provisoriamente para uma determinada atividade. Nesse caso, o objetivo é alcançar uma redução nesse valor”.

Wellington disse ainda estar considerando todas as sugestões que foram apresentadas pelos partidos, líderes, técnicos: “Eu agradeço inclusive, pela colaboração”, reconheceu.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias anuncia corte de R$ 150 milhões em gastos públicos

Wellington Dias diz que PTB será tratado igual aos demais aliados