Teresina - PI

Wilson Martins diz que venderam gato por lebre na disputa de 2014

"O povo foi quem dançou e ficou sem representante à altura no Senado!”, disparou o ex-governador.

Germana Chaves
Teresina
30/12/2017 19h33 - atualizado 19h33

O ex-governador Wilson Nunes Martins (PSB) disse que seus adversários de 2014 – referindo-se ao senador Elmano Férrer (MDB) - dançaram e enganaram os piauienses porque nunca trabalharam em prol da sociedade.

Wilson falou que hoje a sociedade sente o resultado de ter elegido Elmano que, segundo ele, fez apenas gracinha e vendeu “gato por lebre” ao povo.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Wilson Martins Wilson Martins

“Pé na estrada e falar a verdade. O terreno é fértil, pois nossos adversários em 14, fizeram o contrário, não conhecem o Estado, nunca trabalharam, fizeram apenas gracinha, dançaram, enganaram, venderam gato por lebre, mentiram muito e o resultado, todos já sabem. O povo foi quem dançou e ficou sem representante à altura no Senado!”, disparou o ex-governador que está colocado como pré-candidato ao Senado Federal.

Wilson, que preside a Executiva Estadual do PSB no Piauí, também falou dos planos de fortalecimento do partido para o próximo ano. “Depois que a reforma política permitiu coligações para as eleições de 18, desde que não seja defecções para lados contrários, ingresso ou saída de qualquer partido visando as próximas eleições, é algo secundário”, disse ele.

Mais conteúdo sobre: