Ciência e Tecnologia

Xiaomi investirá US$ 7 bilhões em 5G e inteligência artificial

Presidente da empresa revelou investimento em comunicado nesta quinta.

Por  Estadão Conteúdo
02/01/2020 18h25

A Xiaomi investirá mais de 50 bilhões de iuanes (US$ 7,18 bilhões) em inteligência artificial e tecnologias 5G nos próximos cinco anos, à medida que a concorrência no setor aumenta.

O presidente-executivo da Xiaomi, Lei Jun, fez o anúncio em um comunicado publicado em uma conta da empresa em uma rede social nesta quinta-feira, 2, mas não forneceu detalhes específicos sobre os investimentos.

“Precisamos transformar nossa vantagem contínua que temos em AIoT e vida inteligente em uma vitória absoluta”, disse Lei, usando o acrônimo de Inteligência Artificial das Coisas, uma referência a uma combinação de IA (inteligência articial) e internet das coisas (IoT).

O investimento intensifica a promessa da Xiaomi feita no ano passado de investir 10 bilhões de iuanes (US$ 1,43 bilhão) ao longo de cinco anos em uma estratégia “All in AIoT”.

A empresa começou como uma fabricante de celulares de baixo custo, mas seus produtos com acesso à internet agora incluem desde smart TVs a panelas de arroz.

No entanto, a Xiaomi também enfrenta uma intensa concorrência no mercado doméstico da rival Huawei, que capturou um recorde de 42% de participação no mercado chinês de smartphones no terceiro trimestre, às custas de outros fabricantes locais e da Apple.

Lei anunciou em outubro que a empresa planeja lançar mais de 10 modelos de celulares 5G em 2020.

Mais conteúdo sobre: