Política

Ziza Carvalho defende “chapão” para disputa proporcional

“Eu defendo particularmente que a gente marche todo mundo junto, quem for apoiar a chapa do governador Wellington Dias", afirmou o secretário.

Andressa Martins
Teresina
05/01/2018 11h32 - atualizado 11h34

O secretário do Meio Ambiente do Piauí, Ziza Carvalho, defende que o PDT faça um grande “chapão”, unindo todos os partidos aliados ao governador Wellington Dias (PT) para a disputa proporcipnal. A intenção do secretário é eleger “o máximo de deputados”.

“Eu defendo particularmente que a gente marche todo mundo junto, quem for apoiar a chapa do governador Wellington Dias, na coligação majoritária, que também faça uma única e ampla coligação proporcional. Eu defendo uma ampla coligação de todos os partidos que o apoiarem”, analisou Ziza.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Ziza CarvalhoZiza Carvalho

“Seria um chapão para que a gente possa eleger o máximo de deputados, uma bancada realmente compromissada com a gestão e com apoio do governador. E evite distorções como a gente vê todos os anos de poucos votos elegerem deputado e deixar de fora deputados com maior votação”, continuou.

Senado

Quando questionado se o PDT brigará por uma vaga no Senado, o secretário afirmou que dois membros do partido já se mostraram interessados pela disputa, mas que isso só será definido no último prazo.

“O próprio Robert Rios e o presidente da sigla, Flávio Nogueira, já se mostraram dispostos à disputa dessa vaga de Senador, mas tudo isso vai depender da arrumação partidária até março, o bloco que vai marchar junto com o governador Wellington Dias”, disse.

Diferenças dentro do PDT

“Sabemos o nosso tamanho e sabemos até onde podemos chegar. Até mesmo porque dentro do partido nós temos integrantes que não concordam nem mesmo com a coligação junto com o governador Wellington Dias. Tudo isso vai ser definido até o último prazo da janela partidária para saber realmente quem fica, quem sai do partido e quem vai entrar”, concluiu.