Picos - PI

Zózimo Tavares lança em Picos livro sobre a trajetória de Alberto Silva

Solenidade de lançamento aconteceu na noite deste sábado, 16, na Academia de Letras da Região de Picos.

José Maria Barros
Picos
17/11/2019 08h11 - atualizado 08h11

Jornalista Zózimo Tavares lança livro em Picos

Como parte das comemorações dos 30 anos de fundação da Academia de Letras da Região de Picos (Alerp), o jornalista e escritor Zózimo Tavares, lançou na noite deste sábado o seu livro, intitulado de: “Alberto Silva – uma biografia”.

A solenidade de lançamento foi realizada na sala de reuniões da Alerp e contou com a presença do vice-prefeito de Picos, empresário Edilson Alves de Carvalho; ex-prefeito José Néri de Sousa, vereador Francisco das Chagas de Sousa, o Chaguinha, todos do PTB e pessoas ligadas às artes.

Antes de apresentar a sua obra, o jornalista Zózimo Tavares foi saudado pelo vereador Chaguinha e pelo presidente da Alerp, Vilebaldo Rocha. Este, aproveitou para declamar uma poesia como sempre faz nos eventos da entidade cultural.

“Para celebrar os 30 anos de fundação da Alerp estamos com uma série de atividades ao longo do ano e, hoje temos o prazer de receber o jornalista e escritor Zózimo Tavares para lançar sua obra: “Alberto Silva-uma biografia” – destacou Chaguinha.

A obra

Diante de uma plateia atenta o jornalista Zózimo Tavares falou um pouco sobra a vida e obra do ex-governador e ex-senador Alberto Silva, considerado como uma das principais personalidades da política piauiense do século 20.

Zózimo Tavares falou sobre a longa trajetória política de Alberto Silva, que foi prefeito de Parnaíba duas vezes e governador do Estado entre 1971 e 1975 (indicado pelo Regime Militar), e governador entre 1987 e 90 eleito pelo voto direto. Foi senador da República entre 1979 e 1986 assumindo a cadeira do eleito, Dirceu Mendes Arcorverde, que morreu no início do mandato.

Trajetória

Alberto Silva também foi deputado federal de 95 a 98 e novamente senador de 1999 a 2006, quando já aos 87 anos se elegeu para novo mandato na Câmara Federal. Ele morreu aos 90 anos de idade em 2009.

Durante a sua fala, o jornalista Zózimo Tavares abriu espaço para perguntas e respondeu, dentre outras indagações, sobre a foto que ilustra a capa do livro que fora feita na inauguração do Estádio Albertão no dia 26 de agosto de 1973. No livro, o próprio Alberto Silva explica a história do registro feito durante uma cobrança de pênalti sem goleiro.

Após a explanação do autor, foi exibido um vídeo contando a trajetória de Alberto Silva, com imagens e fotos do biografado em suas várias atividades ao longo de mais de 60 anos de carreira política.

O livro, escrito em linguagem jornalística, tem 304 páginas com fotografias e narra a história de Alberto Silva desde o seu nascimento na Ilha Grande de Santa Isabel, em Parnaíba, no dia 10 de novembro de 1918.

Para escrever a obra o jornalista Zózimo Tavares fez uma vasta e prolongada pesquisa sobre o autor, tendo entrevistado, com exclusividade, Alberto Silva por várias vezes.