HERBERT SOUSA

Assassinato de Donizetti vai completar 20 anos e prescreverá em 2020

05/09/2018 11h47 - atualizado 11h58

O ex-vereador Djalma Filho mostra que é competente em sua defesa e está dando um banho na Justiça.

No dia 19 deste mês, o crime ao qual é acusado, de ser mandante do assassinato do jornalista Donizetti Adalto, completa vinte anos e só não será atingido pela prescrição em razão da sentença de pronuncia ter sido prolatada em 19 de janeiro de 2000.

O processo, mesmo assim, corre a favor da prescrição que ocorrerá em 2020, caso não seja julgado,

Somente no Superior Tribunal de Justiça – STJ o processo está desde 2009, ou seja, há quase 10 anos.

Amigos, fãs e a sociedade piauiense ainda esperam que a Justiça seja feita.

  • Foto: DivulgaçãoPronúncia Djalma Filho Pronúncia Djalma Filho

NOTÍCIAS RELACIONADAS

STJ nega mais um recurso e Djalma Filho vai a Júri Popular

Vara do Tribunal do Júri vai marcar julgamento de Djalma Filho