Política

Celso de Mello vota contra liberdade do ex-presidente Lula

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, destacou que o voto desta terça-feira (25) não antecipa posição no julgamento de suspeição do ex-juiz Sérgio Moro.

Brunno Suênio
Teresina
25/06/2019 19h15 - atualizado 20h48

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta terça-feira (25) contra o recurso que pedia a liberdade o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A defesa de Lula pediu para que o ex-presidente aguardasse em liberdade o julgamento do caso em que o petista acusa o ex-juiz federal Sergio Moro de agir com parcialidade ao condená-lo no caso do tríplex do Guarujá.

  • Foto: André Dusek/Estadão ConteúdoCelso de Mello Celso de Mello

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, destacou que o voto desta terça-feira (25) não antecipa posição no julgamento de suspeição do ex-juiz Sérgio Moro. Além de Celso de Mello, votou contra o pedido da defesa o ministro Edson Fachin.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Segunda Turma do STF decide manter ex-presidente Lula preso

Ricardo Lewandowski vota pela soltura do ex-presidente Lula

Fachin vota contra proposta de Gilmar por Lula livre

Mais conteúdo sobre: