Cristino Castro - PI

Decretada preventiva de acusado de matar homem por causa de R$ 5 no Piauí

O juiz Rostonio Uchoa Lima Oliveira destacou que é necessária a prisão preventiva do suspeito, pois ele se dirigiu a uma festa armado com uma faca.

Davi Fernandes
Teresina
10/12/2019 08h13 - atualizado 08h42

O juiz Rostonio Uchoa Lima Oliveira, da Vara Núcleo de Plantão de Bom Jesus, decretou a prisão preventiva de Daniel Ferreira Campos, acusado de assassinar um homem identificado como Jildevan Martins das Virgens, com uma facada por causa de R$ 5 na cidade de Cristino Castro. A decisão é do último domingo (8).

O magistrado destacou que é necessária a prisão preventiva do suspeito, pois ele se dirigiu a uma festa armado com uma faca, comprovando que a custódia do acusado está justificada para a garantia da ordem pública.

  • Foto: Divulgação/Polícia MilitarHomem acusado de homicídio em Cristino Castro Homem acusado de homicídio em Cristino Castro

“A gravidade concreta do delito em tese praticado e da periculosidade do agente, preso em flagrante logo após desferir golpe de faca em região vital da vítima, cujo resultado morte somente se consumou. Observo que a periculosidade do agente também se evidencia pelo fato de que este foi para uma festa armado de faca, o que revela que sua índole é perversa, não compatível com o ambiente de alegria e diversão que a festa deveria proporcionar, o que desaconselha a soltura do flagranteado, sobretudo quando a custódia cautelar está devidamente justificada na garantia da ordem pública e na aplicação da Lei Penal”, destacou.

Entenda o caso

Jildevam foi assassinado com uma facada nas costas em um bar, na manhã deste sábado (7), por volta das 5h30, na cidade de Cristino Castro. De acordo com o sargento Sá Matos, da Polícia Militar de Cristino Castro, a guarnição foi informada que em um bar no centro da cidade havia ocorrido um homicídio e o suspeito identificado como Daniel teria fugido após o delito.

“Nos deslocamos até o local e populares nos confirmaram o fato. A vítima foi socorrida pelo SAMU, mas faleceu no caminho do hospital. Estávamos em diligências quando recebemos uma ligação anônima informando que o suspeito estava escondido em um sítio, na zona rural da cidade. Fomos até o local e prendemos Daniel”, detalhou.

O sargento ainda acrescentou que o acusado contou aos policiais que possuía uma rixa antiga com a vítima. “Ele nos contou isso, mas os populares afirmaram que ele pediu R$ 5,00 para a vítima e a mesma falou não tinha. Após a resposta negativa, o acusado atacou a vítima pelas costas”, finalizou o sargento.

NOTÍCIA RELACIONADA

Homem é assassinado com facada em bar na cidade de Cristino Castro

Mais conteúdo sobre: