Teresina - PI

Dona da Casinha de Cultura é presa por furto de energia em Teresina

O GRECO informou ao GP1 que a prisão da proprietária da creche ocorreu na mesma rua da residência do contador que também foi preso nesta quinta-feira, acusado de furto de energia.

Davi Fernandes
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
03/10/2019 20h35 - atualizado 18/11/2019 14h50

A proprietária da creche Casinha de Cultura, identificada como Dayse Maria Mascarenhas Lustosa Alvarenga foi presa nesta quinta-feira (03), acusada de furto de energia elétrica no bairro Ininga, na zona leste de Teresina.

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), informou ao GP1 que a prisão da proprietária da creche ocorreu na mesma rua da residência do contador que também foi preso nesta quinta-feira, acusado de furto de energia.

  • Foto: Google MapsCreche Casinha de CulturaCreche Casinha de Cultura

Ainda conforme o GRECO, nos dois locais, as equipes da Equatorial Piauí encontraram dispositivos de fraude nos medidores de energia, o que resultou nas prisões em flagrante.

Prisão perto da UFPI

Em entrevista ao GP1, na tarde desta quinta-feira (03), o delegado Laércio Evangelista, do GRECO, contou que funcionários da Equatorial estavam fazendo a fiscalização na residência do contador quando perceberam que tinha um dispositivo de fraude acoplado no medidor de energia elétrica e acionaram a polícia.

“Fomos até o local juntamente com uma equipe da perícia. Quando chegamos ao local o proprietário da residência empreendeu fuga em um carro modelo SW4 de cor branca, a partir daí, iniciou-se uma perseguição policial, que terminou quando o contabilista perdeu o controle do veículo e colidiu contra o muro da Universidade Federal do Piauí”, revelou o delegado.

Ao tentar fugir, o contador acabou destruindo parte do muro da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

NOTÍCIA RELACIONADA

Contador derruba muro da UFPI ao tentar fugir de prisão no Ininga

Mais conteúdo sobre: