Mundo

Ex-presidente da Uefa Michel Platini é detido na França

Ex-presidente da Uefa foi questionado pela polícia francesa sobre supostos subornos para escolher Catar como sede da Copa do Mundo 2022.

Por  Estadão Conteúdo
18/06/2019 07h30

O ex-presidente da Uefa Michel Platini foi preso nesta terça-feira, 18, em Paris. Uma fonte confirmou à AP que ele foi detido e questionado sobre uma suposta corrupção para escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de Futebol 2022.

Ex-astro da seleção francesa, Platini estava detido no escritório anticorrupção da Polícia francesa nos arredores de Paris. O jornal francês Le Monde informou que os promotores investigam um almoço entre o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy e o ex-primeiro ministro do Catar Sheikh Tamim Ben Hamad Al Thani, entre outros. Claude Gueant, à época secretário geral do governo Sarkozy, também teria sido questionado pelos investigadores sobre as suspeitas de suborno, mas já foi liberado.

Promotores franceses investigam as suspeitas de suborno no processo de escolha da Rússia e Catar como sedes da Copa do Mundo de 2018 e 2022, respectivamente. As suspeitas são de corrupção, associação criminosa e tráfico de influência.

Mais conteúdo sobre: