Teresina - PI

Jovem diz ser chefe de milícia e ameaça policiais em Teresina

Nas imagens, o jovem se apresentava como um comandante de uma milícia e citou o secretário de segurança, Fábio Abreu, cobrando policiamento na região dos bairros Morava Nova e Lourival Parente.

Jeyson Moraes
Teresina
Davi Fernandes
Teresina
18/09/2019 14h23 - atualizado 14h42

Em um vídeo gravado em uma praça do bairro Morava Nova, localizado na zona sul de Teresina, um jovem identificado como Sthephen Edson de 22 anos, fez ameaças contra as autoridades da polícia responsáveis pela segurança pública.

Nas imagens, que foram gravadas pelo pai do jovem, Sthephen se apresentava como um comandante de uma milícia e citou o secretário de segurança, Fábio Abreu, cobrando policiamento na região dos bairros Morava Nova e Lourival Parente.

“Eu só quero respeito com os moradores entendeu!? E é o seguinte, se algum coronel, sargento, tenente, o Fábio Abreu quiser falar comigo, eu falo com ele, eu bato no peito porque eu sou é homem, eu não estou de brincadeira. Se a polícia não organizar decreto tá é dado. Se não organizar aqui o Morada Nova e o Lourival num tá aqui 50 viaturas por dia eu vou mandar meus ‘neguim’ ir pra rua. Ir pra rua pra ficar cada um nas esquinas do Morada Nova tudo armado, se possível com um fuzil”, disse.

O que diz a polícia

Conforme o coordenador do Grupo de Apoio Operacional (GAO), Joattan Gonçalves, a Polícia Civil intimou o jovem, que prestou depoimento na presença do pai e de um advogado e afirmou ter problemas mentais e já esteve internado no Hospital Areolino de Abreu, na zona norte de Capital.

"Ele afirmou que tem problemas mentais e já teve internado no Hospital Areolino de Abreu, ele ainda disse que não tem envolvimento nenhum com alguma facção ou milícia e que estava sobre o efeito de álcool", informou o Joattan Gonçalves, coordenador do GAO em entrevista ao GP1.