Teresina - PI

Marcada audiência de acusado de matar padrasto na Praça da Bandeira

A 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), marcou para o dia 27, a audiência do enteado acusado de matar seu padrasto a facadas na Praça da Bandeira.

Davi Fernandes
Teresina
04/01/2020 07h48 - atualizado 07h49

A 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), marcou para às 8h30 do dia 27 de janeiro, a audiência de instrução e julgamento de Léo Gleison Lima Cruz, acusado de assassinar seu padrasto, Luís Carlos de Oliveira Lima na Praça da Bandeira, no Centro de Teresina.

O juiz Antônio Reis de Jesus Nollêto, recebeu denúncia do Ministério Público do Piauí (MPPI), no dia 17 de maio de 2019, contra Léo Gleison que se tornou réu na Justiça. Nos autos foi destacado que a ação penal foi deflagrada em decorrência dos indícios de autoria do acusado.

“Verifica-se demonstrada a justa causa para a deflagração da ação penal, pois presente a prova da materialidade do fato, pelo Laudo Cadavérico da vítima. Os indícios de autoria/participação, por sua vez, encontram-se evidenciados pelos depoimentos das testemunhas e do acusado, colhidos durante a investigação criminal”, ressaltou.

  • Foto: Wanessa Gommes/GP1Local onde o jovem morreuLocal onde o jovem morreu

Crime

O crime aconteceu no dia 2 de março de 2019, por volta de 7h. Segundo a Polícia Militar, testemunhas relataram que o homem foi morto pelo enteado. Luís Carlos foi atingido com três facadas e chegou a correr até o Shopping da Cidade para se refugiar, onde acabou morrendo.

“Houve uma briga lá na Praça da Bandeira, ele veio correndo e caiu aqui [no Shopping da Cidade]. Segundo informações iniciais, que não são concretas, o rapaz convivia com uma mulher e o filho dela veio ao encontro dele hoje e o esfaqueou. Segundo informes, ele batia na mãe dele”, contou o tenente Paulo Roberto, do 1° Batalhão da Polícia Militar, em entrevista ao GP1.

O tio da vítima, que se deslocou até o local, já tinha informado que Luís Carlos não trabalhava no Shopping da Cidade.

NOTÍCIA RELACIONADA

Jovem é assassinado a facadas na Praça da Bandeira em Teresina