Economia e Negócios

Presidente da Petrobras diz que companhia é autônoma para tomar decisões

Roberto Castello Branco, por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que considerou legítima a preocupação do presidente da República sobre o aumento de preços no diesel.

Por  Estadão Conteúdo
12/04/2019 20h35

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que a "Petrobras é uma empresa completamente autônoma para a tomada de decisões, coerente com seus fins institucionais", comentando a decisão de rever o reajuste do diesel nesta quinta-feira, 11, após receber telefonema do presidente da República, Jair Bolsonaro.

"Recebi ontem (quinta-feira, 11), no fim do dia, uma ligação telefônica do presidente Bolsonaro me alertando sobre os riscos do aumento do preço do diesel divulgado pela Petrobrás. Considerei legítima a preocupação do presidente.

A Petrobras decidiu, então, suspender, por alguns poucos dias, o reajuste do preço do diesel com base em cálculos técnicos e na posição de instrumentos de hedge para sua proteção contra prejuízos.

Reitero que a Petrobras é uma empresa completamente autônoma para a tomada de decisões, coerente com seus fins institucionais e que sempre buscará a defesa do interesse dos seus acionistas e do Brasil."

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro admite interferência na política de preço da Petrobras

Bolsonaro procurou presidente da Petrobras para falar sobre preço do diesel

Mesmo após anunciar reajuste, Petrobras não sobe preço do diesel