Elesbão Veloso - PI

Turma de Medicina da UFPI terá nome do estudante Rayron Holanda

A decisão foi tomada por seus colegas de turma e anunciada durante o velório do jovem em Elesbão Veloso.

Débora Dayllin
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
26/11/2018 15h57 - atualizado 27/11/2018 08h34

A 85ª turma de medicina da Universidade Federal do Piauí resolveu homenagear o colega Antônio Rayron Soares de Holanda com o nome da turma. O estudante foi morto na manhã desse domingo (25), com um tiro no peito após um assalto. A morte do jovem comoveu todo o estado. Ele recebeu diversas homenagens nas redes sociais.

Durante o velório do estudante, que acontece em sua cidade natal, Elesbão Veloso, um amigo e colega de sala de Rayron, Renato Sousa falou ao GP1 sobre a decisão da turma.

“Toda turma têm o nome de uma pessoa, geralmente é um professor homenageado. Há 1 mês atrás, estávamos olhando as placas das outras turmas vendo os professores homenageados em busca de um nome pra turma. Aí o Rayron falou assim pra gente: Vocês ficam escolhendo nome de professor e quem sabe não vai ser um da gente?, na mesma hora ele foi repreendido por outros colegas: Rapaz deixa de falar isso, todo mundo vai chegar bem no final do curso. E a gente chega nessa situação, hoje a turma 85 da UFPI com certeza é a turma “Antônio Rayron Soares de Holanda”, muito emocionante falar dele”, disse o amigo.

O crime

Rayron Holanda foi morto com um tiro no peito nas primeiras horas da manhã deste domingo (25), próximo a uma parada de ônibus, na Avenida Miguel Rosa, na zona sul de Teresina. Ele havia acabado de sair do plantão do Hospital de Urgência de Teresina.

  • Foto: DivulgaçãoRayron HolandaRayron Holanda

O acusado de matar o estudante, G.L.D.A.R de 15 anos, foi apreendido pela Polícia Militar na manhã deste domingo (25).

Velório e enterro

O velório do jovem está acontecendo na cidade de Elesbão Veloso, sua cidade natal, onde também será o enterro.

Superação

De origem humilde, Rayron deixou Elesbão Veloso aos 13 anos com um único objetivo: cursar Medicina na Universidade Federal do Piauí (UFPI). Logo aos seis anos de idade Rayron perdeu a mãe, vítima de complicações pós-parto de seu irmão caçula, Ryan.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Estudante de medicina é morto com tiro no peito na Avenida Miguel Rosa

Acusado de matar o estudante Rayron Holanda é apreendido pela PM

Adolescente diz que não está arrependido de ter matado Rayron Holanda