Teresina - PI

Assaltante de banco é morto em confronto com a polícia em Teresina

Com ele, foram apreendidos arma de fogo e dinheiro. O material foi levado para o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO).

Laura Moura
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
Andressa Martins
Teresina
Débora Dayllin
Teresina
09/05/2019 12h25 - atualizado 17h18

Corpo de bandido é levado para Hospital de Urgência de Teresina

Um criminoso mineiro identificado apenas como Raimundo foi morto durante um confronto com a polícia na manhã desta quinta-feira (09) no sítio Mangaratiba, situado na BR 343, zona leste de Teresina. Ele é acusado de participar da quadrilha responsável por explodir e roubar as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal em Campo Maior no dia 30 de abril deste ano.

Raimundo estava sendo procurado pela polícia desde a manhã da quarta-feira (08), quando foi deflagrada uma operação integrada da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil do Piauí, Polícia Militar e Guarda-Civil Municipal de Teresina.

Com ele, foram apreendidos arma de fogo e dinheiro. O material foi levado para o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO).

Perseguição

Tudo começou quando os policiais receberam a informação de que uma dupla havia feito cinco pessoas reféns na cidade de Barras e teriam como destino à capital. Os agentes, então, iniciaram um acompanhamento tático desde o posto da Polícia Rodoviária Federal em Campo Maior, até o posto de Altos, onde os criminosos foram interceptados. Na abordagem, os bandidos liberaram os reféns, mas conseguiram fugir.

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) divulgou na tarde de ontem a foto de Raimundo e de um outro assaltante de banco que também está foragido, identificado como Marcelo “Negão”. Os dois se dividiram e, na manhã de hoje, um caseiro do sítio Mangaratiba entrou com contato com a PM informando que um homem estranho estaria na região.

Ele haveria pedido comida e água ao caseiro e oferecido dinheiro em troca. Porém, o caseiro não aceitou a quantia, mas foi buscas os mantimentos. Ao ouvir o barulho da viatura policial, Raimundo fugiu. Os policiais montaram um cerco afim de capturá-lo. Em entrevista ao GP1 o Coronel Márcio Oliveira, coordenador geral de operações da PM explicou a ação.

“Fechamos mais o cerco na entrada próximo ao sítio Mangaratiba e as equipes operacionais especializadas nesse tipo de busca e captura na mata do Bope, do DOE, da Polícia Civil e do NOE da Polícia Rodoviária Federal adentraram a mata e ficaram rastreando o caminho que ele poderia ter feito enquanto outras equipes da Rone, do Choque Montado, do 8º Batalhão foram importantíssimas na questão de fechar o certo para que ele não atravessasse o local e passasse para outro sítio”, explicou.

Bandido reagiu

O coronel contou que ao ser dada voz de prisão ao bandido, ele revidou atirando contra os policias. Raimundo foi o nono assaltante a ser morto pela polícia.

“Infelizmente, como o restante da quadrilha, ao ser dada voz de prisão a ele, ele reagiu atirando contra os policiais. Os policiais não tiveram outra escolha a não ser neutralizar. Até o momento temos nove assaltantes neutralizados, seis presos e um foragido em Teresina, o Marcelo Negão e mais um na área de Cocal. Vamos continuar as diligências até que a gente possa prender todos os integrantes dessa quadrilha”, disse.

Buscas continuam

De acordo com o coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), delegado Tales Gomes, as buscas continuam com a finalidade de prender Marcelo Negão e um outro suspeito que se encontra na região de Cocal.

“Exatamente, nós vamos intensificar as buscas a fim de capturar o Marcelo Negão, que é um dos líderes desse bando que fez esses assaltos em Campo Maior. Nós temos informações também de um sujeito na região de Cocal, já pedimos o auxílio de Parnaíba, a fim de capturar esse sujeito lá, ele inclusive estaria entrando em algumas residências pedindo água e comida”, revelou.

NOTÍCIA RELACIONADAS

Carro usado na fuga de assaltantes de banco na BR 343 é localizado

Câmera de segurança flagra fuga de assaltantes de banco na BR 343

Greco divulga imagens para localizar assaltantes de banco em Teresina

Mais conteúdo sobre: