Coronavírus no Piauí

Covid-19: chineses dizem que vacina mostra-se promissora em teste humano

Grupo Nacional Biotec da China anuncia que houve produção de anticorpos de alto nível em 1.120 pessoas.

Por  Estadão Conteúdo
28/06/2020 17h58

O Grupo Nacional Biotec da China (CNBG) informou neste domingo (28) que os primeiros resultados de testes em humanos de uma vacina contra o novo coronavírus indicam que ela possa ser segura e eficaz. No ensaio clínico de fase 1 e 2, desenvolvido em uma unidade de Pequim do laboratório chinês, houve produção de anticorpos de alto nível nas 1.120 pessoas saudáveis inoculadas.

As informações foram reveladas em uma postagem do CNBG na plataforma de mídia social WeChat, sem revelar dados específicos, segundo a agência Reuters. Empresas e pequisadores chineses receberam permissão para testar oito candidatas à vacina em humanos tanto no país quanto no exterior.

Pequim também aumentou a capacidade de testes e já aferiu cerca de um terço da população da capital chinesa até agora, disse uma autoridade municipal neste domingo, enquanto os governos tentam controlar um surto decorrente do mercado atacadista em meados de junho. Até o meio-dia deste domingo, Pequim já havia coletado 8,29 milhões de amostras de pacientes e completado 7,69 milhões de testes, disse Zhang Qiang, funcionário do comitê municipal de Pequim, em entrevista coletiva.

“Isso significa que já testamos todas as pessoas que precisam ser testadas. Também estamos implementando triagens em larga escala para certas regiões e populações-chave (da cidade) e melhoramos nossa capacidade de testagem”, disse Zhang, acrescentando que Pequim está recebendo apoio médico de outras províncias.

Pequim registrou seu primeiro caso do surto no mercado de Xinfadi no dia 11 de junho e 311 pessoas na cidade de mais de 20 milhões de habitantes testaram positivo para o vírus desde então. Segundo Zhang, os testes estão sendo realizados em lotes e incluem trabalhadores do mercado e moradores dos bairros vizinhos.

Estudantes, equipe médica da linha de frente e trabalhadores das indústrias de transporte, bancos, supermercados, entregas expressas e salões de beleza também serão testados. Zhang acrescentou que a capacidade diária de testes de Pequim aumentou para 458.000 por dia.

Mais conteúdo sobre: