Teresina - PI

Firmino Filho perde dois aliados para o PSD de Georgiano Neto

Os ex-vereadores Renato Berger e Ananias Carvalho decidiram migrar para a oposição depois de vários descontentamentos com Firmino.

Germana Chaves
Teresina
08/07/2019 07h46 - atualizado 08h11

Dois ex-aliados do prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) vão assinar ficha de filiação ao PSD às 9h desta segunda-feira (08) na sede do partido, na zona leste da Capital. Os ex-vereadores Renato Berger e Ananias Carvalho decidiram migrar para a oposição depois de vários descontentamentos com Firmino.

A principal alegação seria o abandono por parte do executivo municipal. As informações foram repassadas ao GP1 pelo deputado estadual Georgiano Neto que já comunicou publicamente que vai concorrer ao comando do Palácio da Cidade nas eleições de 2020. “Será uma honra recebermos duas importantes lideranças de Teresina”, contou o parlamentar.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Prefeito Firmino FilhoPrefeito Firmino Filho

Reclamações

Berger estava no Podemos, mas decidiu deixar a sigla sob alegação de que não conseguia vislumbrar a formação de uma estratégia proporcional que o inserisse. Ele também fez duras críticas a Firmino Filho a quem ele acusou de tê-lo abandonado.

Berger estava à frente da Secretaria de Esportes e Lazer de Teresina (Semel), mas, foi retirado da pasta para acomodar o Progressistas do senador Ciro Nogueira Filho.

Situação semelhante ocorreu com o ex-vereador Ananias Carvalho que em diversas oportunidades, alegou que estava sendo preterido pelo prefeito.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Renato Berger diz que foi descartado pelo prefeito Firmino Filho

Vereador Ananias Carvalho se filia ao PDT

Firmino Filho diz para Georgiano mostrar propostas em vez de criticá-lo

Georgiano Neto oficializa pré-candidatura a prefeito de Teresina