Palmas - TO

Suspeito de matar empresário Leandro César é preso no Tocantins

Sanatiel é suspeito de cometer cinco homicídios e um latrocínio em Teresina.

Cinara Taumaturgo
Teresina
26/02/2019 10h39 - atualizado 10h43

O acusado de matar a tiros o empresário Leandro César Sousa Gonçalves, em Teresina, no dia 20 de fevereiro de 2017, foi preso pela Força Tática da Polícia Militar do Tocantins nessa segunda-feira (25). Sanatiel Abreu Rocha, de 24 anos, também é acusado de cometer mais cinco homicídios na Capital.

Segundo informações do G1 Tocantins, o acusado estava foragido e vivia em Palmas há aproximadamente dois anos. Além disso, fazia uso de documentos falsos. Os policiais militares informaram que no momento da prisão o suspeito tentou fugir pulando muros de algumas casas, mas foi capturado pelos oficiais.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Sanatiel foi apresentado na Delegacia de HomicídiosSanatiel preso em março de 2017

Sanatiel foi levado para a delegacia para prestar depoimento. A Polícia Civil do Tocantins informou que o jovem vai ficar na Casa de Prisão Provisória de Palmas até que a Justiça providencie a transferência para o Piauí, onde deve continuar cumprindo a pena.

Ele é acusado de cometer cinco homicídios e um latrocínio, no qual vitimou o empresário Leandro César Sousa Gonçalves em 2017. Ele chegou a ser preso pela morte do empresário no dia 28 de março de 2017, mas teve decretado contra si a suspensão do processo com a consequente suspensão do prazo prescricional.

Lembre o caso

O empresário Leandro César Sousa Gonçalves, proprietário do depósito LM Bebidas e Gás, foi morto a tiros após reagir a uma tentativa de assalto no dia 20 de fevereiro de 2017, no bairro Lourival Parente em Teresina.

Segundo informações da Polícia Civil, a vítima vinha de Demerval Lobão com a quantia de R$ 21.840,40 dentro de seu veículo. Dois indivíduos o abordaram em uma moto e outros acusados davam apoio em um carro. Leandro reagiu batendo o carro contra a motocicleta, um dos indivíduos caiu e Sanatiel reagiu atirando contra a vítima.

  • Foto: Facebook/Leandro SousaLeandro CésarLeandro César

Nesse momento o veículo que estava dando cobertura se aproximou e resgatou o indivíduo acidentado o levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde foi preso. O dinheiro não foi levado pelos acusados.

Os acusados foram identificados como Francisco das Chagas de Oliveira Filho, André Vieira da Silva, Jonnes Eduardo da Silva e Sanatiel Abreu Rocha. Dentre os suspeitos, apenas Francisco das Chagas foi condenado a pena de 30 anos de prisão, por ter planejado o crime.

Notícias relacionadas

Empresário é assassinado a tiros no bairro Lourival Parente

Polícia prende acusado de matar empresário Leandro em Teresina

Envolvidos na morte de empresário são presos em Teresina

Mentor da morte do empresário Leandro César é condenado à prisão