Coronavírus no Piauí

FIEPI diz que volume de produção industrial apresentou queda acentuada

Enquanto a média total do quadrimestre foi de 26,45%, com dados mais promissores em janeiro e fevereiro, houve forte declínio nos meses de março e abril, com 11,5% e 14%', respectivamente.

02/06/2020 07h27

A Federação da Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI) divulgou o resultado da sondagem industrial referente aos primeiros quatro meses de 2020. Ao contrário do último quadrimestre de 2019 quando apresentou dados de estabilidade com média de 51,32%, o volume de produção das indústrias pesquisadas nesse primeiro quadrimestre de 2020 apresentou dados de instabilidade. Enquanto a média total do quadrimestre foi de 26,45%, com dados mais promissores em janeiro e fevereiro, houve forte declínio nos meses de março e abril, com 11,5% e 14%', respectivamente.

Analisando-se apenas o mês de abril, embora o percentual das indústrias do ramo de produtos alimentícios tenha representado em torno de 30% da amostra e estas teoricamente foram as menos afetadas pela pandemia, a estabilidade no volume de produção do total das empresas pesquisadas foi de apenas 14%.

A Sondagem Industrial do primeiro quadrimestre de 2020 teve seu cenário bastante afetado pela pandemia do novo Coronavírus (COVID-19).

O setor da indústria foi impactado por medidas restritivas ao seu funcionamento por meio de um decreto estadual , Decreto nº 18.902, de 23/03/2020, que impôs metas de redução de jornada de trabalho e por meio do decreto da Prefeitura do Município de Teresina, Decreto nº 19.540, de 21/03/2020, no qual fica suspenso o funcionamento de todos os estabelecimentos comerciais, de serviços e industriais, bem como as atividades de construção civil, enquanto durar o estado de calamidade pública em razão do avanço do novo Coronavírus (COVID-19).

Mais conteúdo sobre: