Teresina - PI

Firmino Filho autoriza funcionamento de igrejas nos finais de semana

Os templos religiosos devem seguir o protocolo aprovado pela Sesapi, Divisa, FMS e aprovadas pelo Comitê de Operações Emergenciais e Comitê PRO Piauí para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Wanessa Gommes
Teresina
28/07/2020 18h22 - atualizado 18h32

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, alterou o decreto que dispõe sobre a intensificação das medidas de isolamento social nos dois primeiros finais semanas de agosto para autorizar serviços e rituais religiosos, incluindo missas e cultos. O decreto com a alteração foi assinado nessa terça-feira (28).

Os templos religiosos devem seguir o protocolo aprovado pela Sesapi, Divisa, FMS e aprovadas pelo Comitê de Operações Emergenciais e Comitê PRO Piauí para evitar a disseminação do novo coronavírus (covid-19).

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Igreja Nossa Senhora das Dores Igreja Nossa Senhora das Dores

Entre as medidas que devem ser adotadas estão a redução de participantes a 30% da lotação máxima e o uso obrigatório de máscara por fiéis, celebrantes e coros ou músicos.

A recomendação para celebrações que envolvam partilha de pão, vinho ou comunhão, é a utilização de recipientes descartáveis preferencialmente por pessoas que não estejam nos grupos de risco e garantindo o distanciamento. No caso das missas, a distribuição da comunhão deve ser feita na mão dos fiéis e levada à boca pelo próprio fiel. O momento da retirada da máscara deve ser feito o mais rápido possível, sempre por uma das hastes.

Crianças de até 12 anos não devem participar das celebrações. Já as pessoas dos grupos de risco devem optar por assistir às celebrações online ou em dias e horários de menor movimento.

As instituições foram orientadas ainda a manter pias, álcool em gel 70% e tapetes sanitizantes disponíveis para a população, além de manter portas diferentes para entrada e saída. Os locais devem apresentar alertas orientando que os frequentadores não podem participar das atividades caso apresentem sintomas gripais, bem como sobre as medidas sanitárias que devem ser cumpridas por todos.

Confira abaixo o decreto

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Igrejas da Diocese de Picos serão reabertas no próximo dia 27 de julho

Arcebispo Dom Jacinto Brito comemora reabertura das igrejas católicas

Reabertura gradual das igrejas inicia dia 27 de julho no Piauí