Coronavírus no Piauí

Firmino pede esforço da população para reabrir comércio no dia 6 de julho

"Vamos reforçar o isolamento social nessa reta final, com essa intensificação real e coletiva, poderemos começar nosso processo de reabertura já no dia 06 de julho", declarou o prefeito.

Thais Guimarães
Teresina
25/06/2020 19h53 - atualizado 19h53

O prefeito de Teresina Firmino Filho se manifestou em suas redes sociais, na tarde desta quinta-feira (25), após participar da tomada de decisão de lockdown parcial em todo o Piauí, como forma de conter a disseminação do novo coronavírus. O chefe do executivo municipal pediu o esforço da população para garantir que a reabertura gradual das atividades comerciais se concretize no dia 06 de julho.

“Tive ainda há pouco uma conversa com representantes de várias instituições, inclusive do Governo Estadual e do Ministério Público. Nela falei da necessidade de termos um período de isolamento social mais rígido antes do reinício das atividades econômicas na capital. Conseguimos avançar, teremos sete dias de fortes restrições na cidade de Teresina, três dias nesta semana, quatro na próxima. Encaramos essa proposta como um pacto pela cidade, não podemos falhar”, declarou Firmino, em um vídeo publicado no Instagram.

Para o prefeito, Teresina não pode cometer o mesmo erro de muitas capitais do Brasil, que tiveram que reavaliar os planos de retomada das atividades, após um aumento no número de casos confirmados e de óbitos pela covid-19 com a reabertura. “Diminuir o número de novos casos, de hospitalizações e de óbitos pela covid-19 agora será decisivo. Não podemos cometer o erro que outras capitais brasileiras cometeram, reabrindo sem todas as condições e retornando ao isolamento. Já sabemos, que vamos precisar conviver com o coronavírus durante um bom tempo, assim, é necessário uma estratégia que torne essa convivência o menos sacrificante possível”, avaliou.

Por fim, Firmino colocou que já se pode perceber uma diminuição no índice de transmissibilidade do vírus em Teresina, e que por isso é preciso que as medidas de isolamento se intensifiquem nos próximos dias, de forma a viabilizar a reabertura o mais breve possível.

“Chegou a hora de reforçarmos nossa luta contra o maior inimigo da nossa história, este novo coronavírus. Vamos reforçar o isolamento social nessa reta final, com essa intensificação real e coletiva, poderemos começar nosso processo de reabertura já no dia 06 de julho. O reinício será por fases, de forma gradual, com segurança. Estamos confiantes de que não vamos desperdiçar o enorme esforço que já fizemos agora para salvar vidas. Conto com você nesse esforço final, a hora é agora”, concluiu.

Lockdown parcial

Como medida para barrar a disseminação do novo coronavírus, o governador Wellington Dias anunciou restrições mais rígidas para os serviçoes essenciais nesta sexta-feira (26), sábado (27) e domingo (28), e também na próxima quinta-feira (2/07), sexta-feira (3/07), sábado (4/07) e domingo (5/07). Com o endurecimento das regras, o chefe do executivo estadual adiantou que será possível iniciar a partir do dia 06 de julho, data em que finda o decreto de isolamento, a primeira etapa de retomada das atividades econômicas, suspensas desde março devido à pandemia.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias decreta lockdown parcial de sexta a domingo

Wellington Dias anuncia abertura gradual do comércio a partir de 6 de julho