Coronavírus no Piauí

Wellington Dias renova decreto e mantém comércio fechado até 21 de maio

O chefe do executivo estadual anunciou, oficialmente a decisão, após reunião com o Comitê Estadual de Enfrentamento ao coronavírus.

Brunno Suênio
Teresina
30/04/2020 14h30 - atualizado 16h19

O governador Wellington Dias (PT-PI) renovou o decreto de isolamento social adotado por conta da pandemia do novo coronavírus, que a partir de agora ficará vigente até o próximo dia 21 de maio de 2020, mantendo o fechamento do comércio e demais atividades não essenciais. O chefe do executivo estadual anunciou a decisão, além de outros pontos, após reunião com o Comitê de Organização Emergencial de Combate ao Coronavírus, ocorrida no início da tarde desta quinta-feira (30).

Wellington Dias afirmou que as ações de combate ao novo coronavírus estão sendo determinantes para que o estado não apresente números alarmantes como em outros estados do país. Ele destacou que, concomitante à renovação do decreto, a Sesapi vai ampliar a proteção da população com a realização de novos testes.

“Seguimos um critério técnico, ou seja, não é uma decisão minha, do cidadão Wellington Dias, não é uma decisão nem mesmo do governador. É um colegiado que teve um parecer na linha da ciência. Foi aprovada por unanimidade, no Comitê Emergencial Covid-19, a renovação do decreto até o dia 21 de maio. O que foi estabelecido é que é importante trabalhar o que acontecerá nas próximas três semanas para medição desse acompanhamento, com um conjunto de ações: nós vamos investir mais em proteção dos profissionais de Saúde, investir na proteção da população e investir para ter mais condições de exames, inclusive, para aqueles que já estão nos serviços essenciais e, ao mesmo tempo, nós vamos estabelecer há a necessidade da testagem para os que vão entrar em atividade”, pontuou.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppWellington DiasWellington Dias

Isolamento social

Wellington Dias ressaltou que o Piauí está em quarto lugar no índice de isolamento social em comparação com outros estados do Brasil e ponderou que, nesta quinta-feira (30), o estado chegou a 58,9% de isolamento.

Aceleração da curva de contaminação

O chefe do executivo estadual disse que nos últimos 15 dias, a Sesapi constatou um crescimento acelerado de casos confirmados de covid-19, reforçando a necessidade de cumprimento das medidas já adotadas para controlar o novo coronavírus.

“Nós vamos seguir critérios técnicos, eu sei que mexe com a economia, mas no Piauí é a vida em primeiro lugar. Aqui houve um forte crescimento, ele estava ficando ali entre 16% e 18% e agora se aproxima de 40%, algo em torno de 36%. A cada dia temos menos pacientes recebendo alta do que número de pacientes que chegam. Então esse é um dado que foi considerado pelo comitê científico do Piauí como preocupante”, acrescentou.

Aulas suspensas até julho

Wellington Dias ressaltou ainda que Comitê de Organização Emergencial de Combate ao Coronavírus determinou que as aulas presenciais da rede estadual estão suspensas até o final do mês de julho, sendo estabelecidas as aulas à distância como modelo de Educação. “Aprovamos que na rede de Educação a previsão é para 31 de julho, podendo funcionar no modelo da educação virtual, através da tecnologia”, finalizou.

Boletim epidemiológico

O último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) nessa quarta-feira (29), mostra que subiu para 513 o número de casos confirmados por coronavírus (covid-19) no Piauí. A quantidade passou de 454 para 513 em 24 horas, o que significa um aumento de 59 casos desde a última atualização. O total de óbitos segue sem em 24.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Covid-19: Wellington Dias vai prorrogar decreto e manter quarentena

Wellington Dias afirma que não é momento para reabrir o comércio

Chega a 513 número de casos confirmados de covid-19 no Piauí